Recorra à Recuperação de Crédito e normalize suas dívidas!

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 10 maio 21
recuperação de crédito

Ter um débito imobiliário prejudica o planejamento de empresas e pessoas, principalmente, quando vai realizar novos investimentos, sendo necessário fazer a recuperação de crédito.

Pois, a relação de credores e devedores desse tipo de negociação, têm encontrado meios rápidos, seguros e práticos a fim de resolver as pendências.

Sendo assim, preparamos um artigo completo a respeito da recuperação de crédito. Boa leitura!

Conheças as diferenças entre Hipoteca e Alienação Fiduciária!

O que é a recuperação de crédito imobiliário?

A recuperação de crédito é um instrumento extrajudicial no qual possibilita utilizar um Cartório de Registro de Imóveis a fim de cobrar pendências imobiliárias, e posteriormente quitar o débito. Antes, a recuperação de crédito só ocorria através do Poder Judiciário, acarretando demorados processos (podendo durar décadas), com o risco de caducar e o credor ter prejuízos. A recuperação de crédito incorpora ao segmento a prática da alienação fiduciária, ou seja, a revenda de um bem (neste caso uma casa, apartamento, etc.) fica como garantia do empréstimo ou financiamento. E também para firmar este tipo de contratação, se aproveita a praticidade do cartório. Entretanto, se persistir a inadimplência, o tomador do empréstimo é notificado, e a garantia (o imóvel descrito no contrato) fica à disposição para leilão. Portanto, os valores arrematados servem como pagamento ao credor. Assim, podemos estruturar a recuperação de crédito da seguinte forma:

  • Notificação cobrando a dívida – podendo ser desde cartas até SMS;
  • Entrega da intimação para comparecer ao cartório – todo processo pode ser finalizado nos cartórios de registro de imóveis;
  • Retomada do imóvel ou leilão.

Decerto, esta modalidade nos apresenta uma questão: o risco de comprar ou repassar um imóvel no qual esteja no processo de recuperação de crédito. Contudo, através da investigação patrimonial é possível descobrir o status do bem. Saiba mais a seguir.

Como fazer a investigação patrimonial?

Primeiramente, a investigação patrimonial trata-se de um levantamento minucioso a fim de descobrir se o patrimônio tem ou não um passivo judicial. Sendo assim, é realizado por empresa especializada, na qual tem a expertise a fim de levantar e classificar todos os credores (caso existam), além de identificar se o contratante fará um bom negócio. Outra vantagem desse tipo de serviço é conseguir reduzir os gastos, pois não investirá recursos e tempo procurando os débitos de determinado imóvel, por exemplo. Sendo assim, no caso do BNDES, quando ocorre inadimplência, a primeira medida é a tentativa de negociação da dívida, de forma extrajudicial. Dessa forma, busca um acordo entre as partes caso seja avaliado que a empresa possui viabilidade econômica a fim de realizar a recuperação de crédito.

As mudanças trazidas pela recuperação de crédito

A recuperação de crédito entrou em vigor a partir de 2003, e até este ano financiar uma casa era caro e difícil. O motivo é simples: investidores tinham receio de oferecer recursos para o mercado imobiliário. Pois, as empresas ofereciam menos crédito a fim de adquirir imóveis devido ao grande risco de inadimplência e do enorme processo de modo a reaver o patrimônio financiado. Mas, com a praticidade de realizar a cobrança via cartório, proporcionada pela por essa modalidade de resgate financeiro, o segmento imobiliário voltou a disponibilizar linhas de financiamento e empréstimos acessíveis, sobretudo a classe média e baixa. Portanto, é muito bem-vinda a tal mudança trazida pela recuperação de crédito imobiliária, pois tem vantagens aos credores e famílias que sonham com a casa própria.

Em quais situações ocorre a Penhora de Imóvel?

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Comentários

Conteúdos Relacionados

Como consultar o Código do imóvel no INCRA?

Como consultar o Código do imóvel no INCRA?

O código do imóvel no INCRA é um registro necessário para quem tem propriedade rural, veja todos os detalhes dessa documentação. Para ter uma fazenda agrícola ou para fins de pecuária existem alguns deveres, dentre estes, o registro do imóvel. Essa formalização é...

ler mais
Quem pode requerer a Abertura do Inventário?

Quem pode requerer a Abertura do Inventário?

A Abertura do Inventário é um processo que não precisa ser desgastante, principalmente, após o falecimento de uma pessoa querida. Para isso, você deve conhecer os trâmites desse tipo de ação. Dividir os bens de um indivíduo falecido gera dúvidas, principalmente quando...

ler mais
Matrícula Mãe de um Imóvel: Saiba para que ela serve!

Matrícula Mãe de um Imóvel: Saiba para que ela serve!

A Matrícula Mãe de um imóvel se assemelha com a nossa Certidão de Nascimento, nela estão informações registradas em livros do cartório desde a data em que a propriedade foi construída. A certidão mãe é essencial no momento de compra e venda de um imóvel, por trazer um...

ler mais