A chamada Certidão Dominial trata de forma detalhada da cadeia dominial de um imóvel.

Ou seja, é um estudo que é realizado juntamente ao cartório de registro de imóveis em um determinado imóvel.

Nela, constará a lista de proprietários do imóvel objeto de estudo. Estas informações, desde a titulação original ou primeiro proprietário até o proprietário atual.

Que informações são contempladas pela certidão dominial?

Neste documento oficial constará todo o histórico de um determinado imóvel ou a sua sequência cronológica, bem como o registro e ainda todas as transmissões que ocorreram sobre ele.

Desta forma, irá abranger o proprietário atual e vai até a origem de sua titularidade.

Principais elementos

Para que se caracterize uma verdadeira cadeia dominial se faz necessário determinar ao menos três elementos que irão constar na certidão.

São eles: o princípio da especialidade, o princípio de presunção ou eficácia e o princípio da prioridade.

Cadeia dominial: Princípio da Especialidade

O princípio da especialidade significa que toda a descrição de um imóvel deve estar correta.

Desta forma, a representação deve estar escrita de forma individual a fim de torná-lo inconfundível e separá-lo de outros.

A especialidade deve estar presente em todos os registros de um imóvel, é o que o caracteriza de forma individual.

Cadeia dominial: Princípio de Presunção ou Eficácia

Este princípio traz a presunção plena e de forma exclusiva a caracterização de um imóvel e dos seus dados que constam na matrícula que foi registrada no cartório. Logo, vale até que se prove o contrário.

Cadeia dominial: Princípio da prioridade

Com ele os títulos de registro serão apresentados para que seja feita a prenotação.

Neste caso, os títulos serão recebidos pelo oficial do cartório. Em seguida, serão numerados cronologicamente e a prioridade é concedida seguindo uma sequência das averbações que constam na matrícula do imóvel.

Prazo de emissão

Segundo a legislação vigente, o prazo de emissão de certidões é de 5 dias. Mas o ideal é verificar com o cartório de registro de imóveis de sua cidade o prazo para esta certidão.

Qual o valor para emitir uma certidão dominial?

As taxas cobradas pelos cartórios de registro de imóvel costumam variar, pois são fixadas de acordo com cada estado, por isso pode acontecer de alguns cartórios cobrarem valores diferentes dependendo do estado em que a pessoa reside e do estado em que está situado o imóvel.

Prazo de validade

As certidões costumam ter a validade de 30 dias a partir da sua data de expedição. pós isso, considera-se que a certidão não pode mais refletir os dados ou as condições que constam na certidão emitida e então precisará ser atualizada.

Leia Também: Averbação de Registro do Imóvel – O que é e como fazer?

Importância da certidão

Somente com a certidão dominial é possível fazer um levantamento oficial de todo histórico de determinado imóvel, dos proprietários atuais até os anteriores. E ainda, dos eventos que este imóvel teve, como desmembramentos, divisões, subdivisões ou mesmo as penhoras que recaem sobre ele até que chegue a sua verdadeira origem.

Referências e Observações

Nós realizamos a emissão da Certidão de Matrícula Atualizada de Imóvel, confira acessando aqui.

Interaja nos comentários caso tenha alguma dúvida a respeito desta matéria.

Compartilhe e ajude a divulgar este material gratuito!